top of page

ROTEIRO JALAPÃO: EXPERIÊNCIA EXCLUSIVA JALAPÃO ECOLODGE

Atualizado: 13 de jul. de 2021

TAGS:


(TRANSPORTE)(AGÊNCIAS)(ROTEIRO)(ACOMODAÇÕES)(TEMPO DE VIAGEM)(CLIMA)


Começando pela vibe dessa viagem, o Jalapão é destino de aventura. São mais de 1000km de estrada de chão só para conhecer os principais pontos turísticos, então é bom se preparar para estar no meio do Brasil, longe de tudo, sem sinal, rodando em um 4x4 que eventualmente pode quebrar ou ter que ajudar alguém que quebrou. É aquele tipo de viagem que tudo pode acontecer e isso que é o mais excitante desse lugar, pelo menos pra mim! Fui com um grupo super good vibes dentre ele algumas integrantes do grupo travelgirlsbr, foi nossa primeira viagem juntas! Somos um grupo de blogueiras que se uniu por compartilhar da   mesma vibe de viagens, fotografia e lifestyle. Siga no insta o #travelgirlsbr e a página @travelgirlsbr para ver as novidades do grupo.

As travelgirlsbr que foram nessa viagem: @natrips, @bruhdantas_ @monique_trips e eu @brunnanovo

Foram cinco dias com uma energia incrível. Amizades que saíram do instagram para a vida real e essa foi a maior beleza de tudo!


DIA 1 - Chegada - Pedra Furada

Vamos ao roteiro. (TRANSPORTE) Chegamos em Palmas, de avião, dia 07 de Junho, início da melhor temporada de visita (Junho-Agosto). O vôo era bem tarde, portando dormimos em Palmas para sair bem cedo em direção ao Jalapão. Toda nossa viagem fizemos com o Jalapão Ecolodge Hotel e Tours e eu SUPER indico, vai dar pra entender o porquê direitinho até o fim do post . Mas vamos lá! Bru, precisa ser com agência de viagem mesmo? - Sim, como eu disse são muitas adversidades que podem acontecer nesse tipo de viagem. Contratando uma agência como essa vocês terão suporte necessário para resolver qualquer problema. Além de que se perder pelas estradas de terra mal sinalizadas pode significar horas a mais, algumas atrações a menos e isso é a última coisa que queremos.

Ficamos rodando apenas 4 dias, e nesse meio tempo desatolamos 1 carro (que não era 4x4, erro numero um) e nosso carro também teve dois problemas, um na suspensão e outro em uma mangueira, os quais Carlos, nosso motorista maravilhoso, consertou na hora, não atrapalhando nossa programação. Até dá para alugar um 4x4 e fazer sem agência, mas eu não aconselho correr esses riscos.

(ROTEIRO) Levamos o dia todo para chegar no hotel Jalapão Ecolodge, que fica próximo à cidade de São Félix. Fizemos a primeira parada na Pedra Furada. Com um visual incrível da região, vimos muitas araras e até uma briga de casais inédita. A natureza desse lugar tem uma grandiosidade muito fácil de sentir e o mais interessante é passar por lá no pôr do sol. Por conta do nosso tempo apertado não conseguimos.

(TEMPO DE VIAGEM) Por isso, recomendo reservar pelo menos 5 dias completos para essa viagem, fizemos em 4 dias e foi mais corrido do que gostaríamos. Vivendo e aprendendo. Por isso, planejamento é tudo.

Esse primeiro dia foi muito excitante, a gente se via no meio do nada, com muitos quilômetros de estrada de terra pela frente e cidades muito pequenas que ficavam para trás. O grupo estava se conhecendo, estávamos em 8 pessoas e 2 carros. Imagine que antes dessa viagem éramos apenas amigas virtuais e nem os namorados se conheciam!

Chegando no hotel no finzinho da tarde tivemos um tempo para jantar, relaxar, papear e dormir cedo. Nesse tipo de viagem é importante acordar cedo para aproveitar o dia e é exatamente o que faríamos acordando 3h30 na manhã seguinte!

O pôr do sol no Jalapão é um show à parte, mesmo da estrada!

Já nesse primeiro dia todo mundo se deu muito bem e já dava pra sentir que a viagem seria maravilhosa. A energia desse lugar com certeza contribuiu para isso!


DIA 2 - Atrações do Hotel Jalapão Ecolodge

Acordamos 3:30 no hotel Jalapão Ecolodge e levamos 20 minutos para chegar à base da Serra da Catedral de carro, com a equipe de guias do hotel. Essa serra, que tem esse nome por ter o formato de uma igreja, fica nas terras do hotel e é a principal atração. Subimos 30 minutos por uma trilha com nossos guias, que levavam todo equipamento e suprimento para montar o tão esperado café da manhã lá em cima. Chegamos no local do café da manhã ainda na madrugada e enquanto aguardávamos a montagem do café o show do amanhecer ia começando. Todo esse roteiro foi organizado pelo Hotel Ecolodge, eu pesquisei muito e foi de longe a melhor proposta de experiência com a natureza e conforto! Depois do café maravilhoso, fizemos rapel e mais trilhas para curtir o visual da serra de tirar o fôlego. Esse foi o dia de curtir as atrações que ficam nas terras do Hotel. Além dessa trilha, fizemos boia cross e uma trilha de fat-bike, outra experiência inédita pelas areias e terras do Jalapão. As 10h da manhã já tínhamos gasto mais de 1000 calorias, imagina! Assim que eu gosto, com muita atividade!

(ACOMODAÇÕES) Voltando da trilha da manhã conseguimos curtir um pouco o hotel. Dentro das minhas experiências com glamping, essa foi sem dúvidas a mais interessante. Toda arquitetura do hotel é feita com materiais da região, uma decoração apaixonantemente natural.

O Bangalô Jalapa Master é todo aberto, proporcionando total interação com a natureza. Tem apenas um, com uma cama de casal. O céu noturno lá é incrível, já estive no Deserto do Atacama, que seria o céu com maior visibilidade do mundo e posso dizer que é muito parecido, muitas estrelas e o rastro da Via Láctea bem nítido. Não pode deixar de aproveitar a experiência de um banho de jacuzzi observando as estrelas, super romântico. Confesso que tive um pouco de medo na hora de dormir, mas está dentro da emoção de estar nesse lugar! Na primeira noite eu ouvi o barulho de um bichinho da região à noite e me desesperei achando que era uma onça, felizmente não era! O pessoal do Hotel me acalmou no dia seguinte dizendo que elas não aparecem nunca por ali.


Uma outra opção de estadia são as Buritibanas, parecem cabaninhas indígenas, muito fofas e confortáveis. Cada uma tem 2 camas de casal, dá para acomodar até uma família por cabana!

(CLIMA) Nenhum quarto tem ar condicionado, mas é totalmente desnecessário, a noite é super fresquinha por conta do clima de deserto. O dia pode chegar a temperaturas bem altas, mas o calor é gostoso, não é abafado e tem uma brisa boa. Porém, é muito seco, para quem tem desconforto nas narinas é bom levar soro fisiológico para hidratação.


DIA 3 - Os paraísos do Jalapão

Chegou o dia mais esperado, com a visita aos fervedouros, Bela Vista e Encontro das Águas, à cachoeira mais bela da região, Cachoeira da Formiga e às dunas do Jalapão. Saímos do Hotel bem cedo em direção à Mateiros, onde dormiríamos a próxima e última noite no Jalapão. Adoraríamos ficar mais uma noite nesse Hotel, mas essa manobra é uma questão de otimizar a logística, todas as atrações são muito distantes no jalapão, sempre uma hora ou mais no carro. Portanto o ideal é dormir em pelo menos duas cidades diferentes para conseguir fazer tudo.

Levamos o dia todo para visitar os fervedouros e cachoeira chegando nas dunas no horário ideal, o pôr do sol. Todas as atrações tem taxa para entrar, no pacote do hotel já está tudo incluso, portanto eu não saberia dizer quanto fica cada uma. Foi um dia especial, nem com fotos dá pra entender ao certo, mas tentei ao máximo capturar o que são esses lugares. Esse fervedouro maior é o Bela Vista, a beleza emociona.

Os fervedouros são nascentes de água, bem fortes, por isso conseguimos ver a água no fundo saindo da areia. O Fervedouro encontro das Águas tem a maior força de nascente, a sensação é de flutuação intensa, impossível afundar. Não é o fervedouro mais famoso em beleza, mas por causa dessa experiência eu recomendo muito. À 50 metros desse fervedouro está o Encontro das Águas, que é outro espetáculo, os rios tem cor e temperatura diferentes, essa é a dica mais exclusiva que eu tenho, anote!

Por fim, visitamos as dunas e o espetáculo é incrível.


Dia 4 - Dia de partir, mas com estilo

Nesse último dia acordamos em Mateiros e partimos de volta para Palmas, mas tivemos uma última parada.

Cachoeira da Velha

Essa é apenas contemplativa, mas pertinho, aproximadamente 20 min de carro. Tem uma prainha super gostosa que paramos para banho e lanche. Foi a volta perfeita. Chegamos em Palmas no comecinho da noite e dormimos para pegar o vôo no próximo dia. Minha indicação de hotel em palmas é o Ibis Styles Palmas


Para reservar o hotel clique aqui


Qualquer dúvida estou à disposição


Bru


#jalapao #brasil #glamping #blogdeviagem #dicasdeviagem

627 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page