top of page

SEGURANÇA EM VIAGENS PÓS QUARENTENA - PARA ONDE IR?

Atualizado: 13 de jul. de 2021

O mercado de turismo é um dos mais afetados pela pandemia e consequente quarentena. Estamos todos tentando nos reinventar para superar essa crise, por isso compartilho aqui algumas análises referentes ao fim da quarentena e a volta da possibilidade de viagens, tanto para viajantes quanto para os agentes de turismo.


Mesmo com o fim da quarentena, ainda será importante evitar aglomerações, com isso o receio em viajar de avião, ônibus, visitar pontos turísticos muito frequentados, se hospedar em hotéis, vai continuar. Mas parar com essas atividades totalmente não é viável, como já vimos, tanto economicamente falando, quanto sob o ponto de vista social. Viajar, explorar lugares novos, tirar férias para espairecer e relaxar ou para trabalhar faz parte das nossas vidas. Por isso, tomando certas medidas de segurança poderemos realizar essas atividades com mais tranquilidade e consequentemente contribuir para aquecer esse mercado novamente. Focar em DESTINOS NACIONAIS também é uma ótima opção no momento para apoiar nossa economia e contribuir para o turismo local.


Alguns destaques que podem ajudar nas próximas experiências de viagens:


Viagens de curta distância: Dar prioridade para visitar destinos que tenham acesso de carro, assim é possível ter contato com poucas pessoas durante a viagem. Comece a explorar destinos próximos e pode se surpreender!


(ex para quem mora em São Paulo e região)


Viagens de avião: Se precisar viajar de avião, dar preferência para DESTINOS NACIONAIS, não só contribui para o crescimento da nossa economia, como evita permanecer muito tempo dentro de um avião, diminuindo a chance de contaminação. Uma medida muito importante, pelo menos nesse ano.


Dica de assento: Escolha assentos na janela e longe de banheiros, têm menor risco de contaminação também.


Ecoturismo: Ao escolher destinos que tenham foco em ecoturismo, consequentemente haverá menos contato com outras pessoas. Dar prioridade para atividades como trilhas, cachoeiras, praias afastadas com acesso por trilha. Em geral locais menos óbvios, onde não existe muito acesso.

Tours: Ao contratar uma agência, opte por pacote com o menor número de pessoas possível. Se houver deslocamento, dê preferência para opções de carro e não ônibus.


Hotéis: Muitos dos hotéis já estão se adaptando às medidas de segurança necessárias, mas é interessante se informar sobre isso antes de fazer uma reserva. Alguns têm meios de mostrar que a ocupação não é total, seguindo as normas determinadas. Outros adaptaram as plaquinhas de limpeza dos quartos para tranquilizar os hospedes, garantindo que o ambiente foi desinfectado. E têm até os mais hi-tec que já usam robôs para o serviço de quarto, evitando contato entre empregados e hóspedes.


Airbnb: Assim como os hotéis muitos airbnbs também já estão tomando essas medidas de segurança, mas sempre vale confirmar antes da reserva.


Viagens de negócios: Pelo que entendi ouvindo alguns dos maiores especialistas do mercado de turismo, as viagens de negócios são as únicas que podem ter uma queda significativa. Muitas empresas estão mais do que nunca acreditando nas video conferências como grande aliadas nessa crise, reduzindo custos de viagens e é uma tendência que pode continuar mesmo depois da quarentena.


Em geral, tomando medidas de segurança pessoais também, acredito, e espero, que poderemos voltar à viajar. E a nova forma de viajar logo será considerada normal, basta nos adaptarmos.


67 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page